Ouro Preto: Lei do Plano de Carreira dos servidores municipais é sancionada

0
189
  • monza tintas
Só foi possível a lei tornar-se realidade graças ao apoio do prefeito, vereadores, comissão especial e o empenho do STPMOP, diz o presidente do sindicato; Autor: Gazeta Central
s
  • monza tintas

Após anos de reivindicações, finalmente os servidores públicos municipais da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste tiveram o tão sonhado Plano de Carreira sancionado, promulgado e publicado. O ato ocorreu nesta última quarta-feira (17).

O mérito desta conquista se deu graças a um trabalho em conjunto entre o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Ouro Preto do Oeste – STPMOP, Câmara Municipal de Vereadores e a Prefeitura Municipal. A elaboração do plano também teve a importante participação de uma comissão especial composta por seis membros representando vários setores do poder público municipal.

A direção do STPMOP não mediu esforços para obter esse resultado, uma vez que sempre lutou, e continuará lutando incansável e incondicionalmente, em prol dos servidores, mesmo aqueles que criticam o importante papel da entidade. Foram inúmeras assembleias, reuniões e debates, muitos deles acalorados, até que o Plano fosse finalmente sancionado.

O atual presidente do STPMOP, Cristiano Crusco Franco, enfatizou esta grande vitória dos servidores e agradeceu a toda a diretoria do sindicato, em especial à presidente que o antecedeu, Marina Maria da Silva, a qual foi peça fundamental para a conquista. Lembrou e destacou o empenho de todas as diretorias passadas, onde tudo teve início.

Cristiano também fez questão de frisar o importante apoio dos nove vereadores: J. Rabelo (PTB), Eudis Venâncio (PRP), Jeferson Silva (PMDB), Edis Farias (PSD), Delísio Fernandes (PSB), Ivone Vicentin (PMDB), Celso Coelho (PRP), Serginho Castilho (PRP) e Bruno Brustolon (PSDC). E, principalmente do prefeito Vagno Panisoly (PSDC), que se colocou à inteira disposição para dar aos servidores essa merecedora revisão do Plano de Carreira.

Também foi ressaltada pelo presidente a dedicação da contadora da prefeitura Denise Megume Yamano e da procuradora jurídica Robislete de Jesus Barros, que trabalharam incansavelmente até que a revisão estivesse pronta para ser aprovada. O presidente também fez questão de agradecer o comprometimento da comissão especial composta pelos servidores Sirlei Ursolina F. Martines, Celso Cabral de Souza, Elaine Aparecido Ribeiro, Marina Maria da Silva, bem como da procuradora Robislete e da contadora Denise.

“Vencemos mais esta batalha. Porém, a luta ainda não terminou, temos muitas pautas de reivindicações para este ano de 2018. Quero agradecer a toda a equipe desta e das demais diretorias do sindicato, ao prefeito, aos vereadores, à equipe da comissão e aos servidores que acreditaram que isso se tornaria realidade”, finalizou Cristiano.

A diretoria do STPMOP optou por não apresentar nesta matéria os valores que serão acrescentados aos salários e aposentadorias dos servidores oriundos da aprovação do Plano de Carreira para que não seja mal interpretado e venha causar mais dúvidas ainda. É aconselhável que os servidores dirijam-se à sede do sindicato onde se encontram disponíveis todas as informações e um funcionário para tirar quaisquer dúvidas.

Foto: Gazeta Central